Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Racib Harb: o ‘calo no pé’ do continuísmo político em Dourados

As eleições de 2020 estão acirradas. Desde o início do ano candidatos já anunciavam suas intenções aos eleitores, e com a abertura do período de campanha, em agosto, as ações para conquista do voto ficaram cada vez mais efusivas. Ao todo Dourados tem sete opções à Prefeitura de Dourados, entre eles Racib Harb, do Republicanos.

Farmacêutico bioquímico e empresário, o douradense de 50 anos se tornou um verdadeiro ‘calo no pé’ de grupos políticos que revezam o comando da maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul. Com a missão de interromper o continuísmo na administração pública, Racib Harb teve de superar muitos obstáculos para chegar até as urnas.

O candidato tem como principal bandeira de campanha o combate à corrupção. Há mais de 25 anos Racib milita contra os desmandos e a imoralidade no executivo e legislativo douradense.

Ele liderou movimentos que resultaram na denúncia contra vereadores investigados pela operação Cifra Negra, na Câmara de Dourados. No final das contas o julgamento, conduzido pelo presidente da Casa e também candidato à prefeitura nessas eleições, Alan Guedes (PP), acabou terminando “em pizza” (termo utilizado para se referir a uma situação que não foi solucionada e ficou da mesma maneira que começou).

Esta é a quarta campanha eleitoral do douradense. A primeira ao executivo. No seu plano de governo, disponibilizado no www.racibharb.com.br, Racib oferece à população douradense um projeto autêntico, livre das amarras partidárias e com objetivo no desenvolvimento exponencial de Dourados.

Ele defende práticas austeras, como enxugamento da máquina pública reduzindo imediatamente 50% do quadro de comissionados, além da revisão de contratos e a escalação de um secretariado técnico, composto sem nenhum viés político-partidário.

A campanha do republicano tem surpreendido até os mais experientes quando o assunto é eleições. Com pouco recurso financeiro, Racib tem dado aula de engajamento popular, especialmente nas redes sociais, sua principal plataforma de contato.

O candidato afirma que a crescente popularidade é resultado da insatisfação do cidadão com os políticos de carteirinha, como Alan e Barbosinha, ambos com mandato e atuação pública sem expressividade.

“Nós estamos alinhados é com a população, não com partidos e grupos políticos. Essa decisão de caminhar de forma independente é resultado do que vimos nos bastidores do legislativo e executivo municipal ao longo dos últimos 30 anos. A política de Dourados foi marcada por corrupção e uso do bem público para promoção pessoal de seus agentes. Agora é a hora de interromper esse cenário, trazendo de volta a autonomia e a segurança de uma gestão comprometida é com o cidadão, o pai e a mãe de família”, afirma Racib.

As principais propostas do republicano são:

1. Enxugamento da máquina pública, através de uma reforma administrativa com exoneração de comissionados ociosos e adequação das atribuições de cada pasta.
2. Combate das práticas imorais e ilícitas na gestão, por meio de licitações monitoradas por protocolos de segurança com tecnologia blockchain, responsáveis por registrar cada passo dado na formalização de contratos públicos. Racib ainda quer retomar os pregões eletrônicos, que permitem empresas e indústrias de outras regiões do país a competirem nos processos de aquisição de bens e serviços locais.
3. Potencializar o desenvolvimento econômico e social de Dourados através de incentivos e parcerias público-privadas com empresas que confiam no potencial da cidade, reduzindo o índice de desemprego e possibilitando alternativas sustentáveis de empreendedorismo.
4. Na saúde Racib quer estruturar e colocar em prática uma promessa de longa data: o consórcio intermunicipal da saúde, que dá responsabilidade da gestão plena a todos os 36 municípios que compõem a macrorregião da Grande Dourados. Com isso, o serviço em saúde, especialmente o de urgência e emergência, terá condições de se sustentar com mais dinamicidade e segurança. Ainda na saúde, o foco da gestão Racib será na atenção básica, estruturando postos e unidades da família, para que a população tenha acesso de qualidade ao serviço na base. Ele quer promover uma valorização jamais vista aos profissionais do setor e aplicar reajustes salariais aos médicos que muitas vezes deixam de atuar aqui, devido a falta de remuneração atrativa.
5. Na educação Racib irá estruturar uma rede pedagógica inteligente, com foco no aprendizado e cidadania das nossas crianças. O republicano pretende concluir obras paradas, reduzir drasticamente o número de crianças na fila de espera por uma vaga e implementar ações de segurança sanitária visando o retorno às aulas em 2021. A pandemia do novo coronavírus não será um problema para o candidato, que afirma estar disposto a trazer ideias praticadas nos grandes centros urbanos que deram certo. Aos profissionais, Racib garante valorização e o devido reconhecimento, tanto social como financeiro. Professores serão tratados com prioridade, serão reconhecidos como mestres da educação, e terão condições de aplicar seus projetos pedagógicos visando a construção de um futuro digno aos nossos pequenos.
6. No setor de infraestrutura Racib quer recuperar toda malha viária de Dourados mudando a forma de executar o famoso tapa-buracos. O candidato tem como proposta o uso de blocos de asfalto, diferentemente do ‘farelo com piche’ utilizado na tentativa frustrada de melhorar a qualidade das vias. Racib também pretende executar um plano de habitação inteligente, diminuindo o déficit de famílias sem a casa própria. Ainda no setor o candidato quer fazer uma operação de vistorias em imóveis ocupados de forma irregular.
7. No trânsito Racib contará com a expertise da vice, Dilvânia Todescato, instrutora de trânsito há 25 anos, para execução de um projeto de inovação nas nossas vias urbanas. Baseado em estudos técnicos, os candidatos querem tornar o trânsito douradense mais seguro, dinâmico e fluido, visando a projeção de aumento do número de veículos nos próximos 30 anos.
8. Pela segurança pública, Racib quer estruturar e equipar a Guarda Municipal, oferecendo condições ideais para que os honrosos trabalhos já executados sejam realizados com mais efetividade e benefício à população. Racib quer ainda implementar um serviço de monitoramento altamente tecnológico nas praças, parques e principais vias públicas de Dourados. Além disso, visando favorecer a sensação de segurança nos bairros, o candidato se compromete a aplicar todos os recursos necessários e destinados à iluminação pública, resolvendo o problema da escuridão em várias regiões da cidade.
9. Para os idosos, Racib quer oferecer mais dignidade e acolhimento. Ele pretende apoiar e firmar parcerias público-privadas para que os idosos douradenses tenham condições de capacitação, lazer, saúde e bem-estar disponíveis sempre que precisarem. A Casa do Idoso é um exemplo disso, projeto já conhecido em outras regiões do país, que pretende ser local de acolhimento com oferta de serviços e lazer durante o dia, enquanto familiares e cuidadores trabalham.
10. Um mandato participativo deve marcar a gestão Racib. Diferentemente da atual prefeita, Délia Razuk (sem partido), o republicano pretende abrir as portas do gabinete e estar mais presente nos bairros, mantendo contato contínuo com a população.

Scroll Up