Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Professor João Carlos disputa a Prefeitura de Dourados pelo Partido dos Trabalhadores

PT define em Convenção Prof. João Carlos como candidato a Prefeito de Dourados, e Lourdes Castro como candidata a Vice-Prefeita.

Professor João Carlos disputa a Prefeitura de Dourados pelo Partido dos Trabalhadores 1

O PT homologou neste domingo (13 de setembro 2020), em sua Convenção Eleitoral, através de videoconferência ocorrida a partir das 9h30, sua chapa majoritária, a candidatura do  Prof. João Carlos a prefeito de Dourados e a candidatura de Lourdes Castro de Oliveira Kurttert a vice-prefeita. Definiu, igualmente, que não fará aliança com outros partidos.

Homologou, também, a chapa proporcional que disputará as eleições de 15 de novembro, apresentando  6 candidatas mulheres e 9 candidatos, atendendo a regra legal referente aos 30% de cotas relativas a gênero. Tratam-se dos seguintes candidatos/as:  Algemiro de Souza, Anderci da Silva, Antonio Weber, Claudinei dos Santos Moreira, Edivaldo de França Guerra, Elias Ishy de Mattos, Gleice Jane Barbosa, João Antonio de Queiroz, LucíelenMariany Leivas Leite Prudente, Lucas Diniz Medeiros, Liandro Moreira dos Santos, Renata de Oliveira Costa, Ronaldo Ferreira Ramos, Sandy Tatiane Santos Nascimento, Zaida Albuquerque Matos.

O ato político contou com a participação e falas de lideranças do PT, Gleisi Hoffmann (presidenta nacional); Ideli Salvatti, (direção nacional), Vladimir Ferreira, (presidente estadual), Laerte Tetila (ex-prefeito de Dourados); Dep. Federal Vander Loubert, Dep. Estadual Cabo Almi, João Grandão (ex-dep. Federal), Damião D. Farias (ex-reitor UFGD), Marisa L. de Farias (diretora FCH/UFGD. A apresentação do ato contou com  Wilson Biasotto (ex-vereador).

Professor João Carlos disputa a Prefeitura de Dourados pelo Partido dos Trabalhadores 2

A candidata Lourdes Castro, quilombola e trabalhadora na agroecologia, destacou  em sua fala,  seu compromisso na defesa das mulheres, de suas principais reivindicações, para que tenham melhores condições de vida.

O prof. João Carlos, lembrou a importância de vários companheiros em sua trajetória  no PT, que teve início em 1983.  Destacou a pessoa do educador Paulo Freire, com quem aprendeu que o diálogo é fundamental para um líder político. Comentou, também, os desafios do momento presente, principalmente aqueles relacionados às perdas de direitos pelos trabalhadores e trabalhadoras. Ao abordar o descaso em que se encontra a cidade de Dourados, afirmou a necessidade de um plano emergencial para superar e atender a população.

 

Scroll Up