Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Prefeito de Rio Brilhante nomeia servidor que foi preso em cargo de confiança

O prefeito Donato Lopes da Silva, no dia 27 de novembro, através do Decreto número 27.940, nomeou em um cargo de confiança de superintendente de habitação do município o servidor público Antonio Carlos dos Santos Souza, conhecido como Chapinha, que foi preso na operação Depuração e Carta Marcada, do Ministério Público como suspeito de praticar crimes contra administração pública, onde, supostamente, com a conivência e conluios de alguns empresários da cidade e região, falsificavam orçamentos para fraudar compras diretas da prefeitura de Rio Brilhante, e as investigações estão em andamento no Ministério Público.

Chapinha, como reconhecido quando foi preso no dia 12 de junho deste ano, quando ocupava o cargo de gerente de compras da prefeitura de Rio Brilhante. A prisão foi decorrente da Operação Depuração e Carta Marcada, deflagrada pela Polícia Civil e Ministério Público para desmantelar suposto esquema envolvendo fraude em licitações e compras diretas na Prefeitura de Rio Brilhante.

Na época o prefeito Donato afastou Antonio Carlos o seu cargo de gerente de compras, e mandou instaurar uma sindicância administrativa para apurar os fatos porém até o presente momento não se tem conhecimento de qual foi o resultado dessa sindicância e se houve ou não punição ao referido servidor.

Prefeito de Rio Brilhante nomeia servidor que foi preso em cargo de confiança 1

Nos meios políticos, na sociedade e principalmente entre os servidores públicos do município, todos acham muito estranho o fato de que um servidor envolvido em acusações tão graves possa ter sido nomeado em um cargo de grande importância na administração pública municipal e não conseguem entender as razões que levar o prefeito a fazer tal nomeação, e acham muito estranha tal nomeação, pois a lógica indica que um funcionário sobre o qual pesam acusações tão graves não deve exercer cargo de confiança em uma administração.

Antônio Carlos trabalhou intensamente na campanha que elegeu o prefeito Donato Lopes, e era presidente da JPSDB, o partido do prefeito, e já foi também candidato a vereador pelo PSDB, com uma pífia votação.

 

https://www.midiamax.com.br/politica/transparencia/2019/acao-mira-fraude-em-licitacao-de-rio-brilhante-e-prende-um-empresario-em-dourados

 

 

 

Scroll Up