Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Compartilhar no facebook
Facebook

Pai e filha têm reencontro com a vida em mochilão pela Bolívia

Doze dias foi tempo suficiente para que pai e filha pudessem fortalecer laços e compartilhar confidências em uma viagem para lá de especial. O sociólogo e professor Teylor Fuchs, de 36 anos, e a filha Elis Fuchs Caldas, de 16, aproveitaram as férias de inverno para se aventurar em mochilão na Bolívia.

Teylor já tinha feito um trajeto semelhante em 2013, mas tudo foi novidade para Elis. “Quando fiz o mochilão pela primeira vez também saí por Corumbá, mas fui até Machu Picchu, no Peru, passei pelo Chile e voltei pelo Paraguai. Também tenho um filho 12, mas ela, principalmente, sempre se interessou por uma viagem assim. Desta vez, a viagem foi mais curta por causa do período reduzido das férias”, conta Teylor.

O planejamento durou três meses e a viagem 12 dias. “Saímos de Campo Grande com destino a Corumbá de ônibus. Lá em Corumbá encontramos alguns amigos fizemos a migração e entrada na Bolívia. A espera foi de cerca de duas horas em uma fila”, lembra o professor.

Foi um choque de cultura e muitas experiências para contar. Pai e filha iniciaram a trip por Puerto Quijarro que faz fronteira com Corumbá. Lá embarcaram em um trem com destino a Santa Cruz de La Sierra. Foram 18 horas de viagem até a cidade conhecida como o centro comercial da Bolívia.

“Nesse trajeto já foi uma experiência muito boa e um tempo para ficarmos juntos. Além da experiência, Elis conheceu muito da cultura. A cada parada muitas crianças subiam para vender comidas típicas. A magia da viagem começou aí”, lembra.

Os dois desembarcaram em Santa Cruz em um dos dias mais frios da viagem. O relógio marcava 8h e os termômetros 3°C. “Nós tínhamos um hotel pré-reservado, mas acabamos ficando em um mais próximo e mais em conta”, conta.

Todo o planejamento foi calculado em cima de gastos mínimos, o que provocou uma imersão cultural: nada de fast food. O dia em Santa Cruz se resumiu a bater perna pelo Centro histórico, praças e museus.

Copyright 2009/2019
©Midiaflex Todos os Direitos Reservados
Scroll Up