Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Laudir Munarreto quer mudar a lei da COSIP para fazer justiça na forma de pagamento da “taxa de iluminação pública”

O empresário e candidato a vereador Laudir Munaretto do MDB pretende na Câmara Municipal alterar a lei que criou a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (COSIP) a conhecida taxa de iluminação pública.

“Uma das maiores críticas do cidadão douradense é quanto a iluminação pública. São vários bairros hoje no escuro e o serviço de reparo é demorado e ineficiente”, enfatizou Laudir que pretende instituir uma taxa única para os consumidores de energia elétrica.

Atualmente, segundo Munaretto, “quanto mais você consome energia, mais taxa você paga. Você acha justo isto? Além de não ser justo é inconstitucional”, explicou o empresário que já foi vereador e que agora está fazendo campanha para retornar ao Poder Legislativo de Dourados.

“Minha intenção como vereador é mudar a Lei Municipal da COSIP, tornando-a mais justa para todo cidadão douradense, distribuindo de forma igual à quantidade a ser paga por cada unidade consumidora de energia dentro do município, assim será possível custear os serviços de iluminação pública sem prejudicar a sua conta de energia, que convenhamos, já é muito cara”.

A contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública, conhecida por alguns como CIP e por outros como Cosip, cuja finalidade é o financiamento do serviço de iluminação pública, foi inserida na Constituição Federal pela Emenda Constitucional 39, de 19 de dezembro de 2002, que acrescentou o artigo 149-A ao texto da Carta Magna.

Laudir Munarreto quer mudar a lei da COSIP para fazer justiça na forma de pagamento da “taxa de iluminação pública” 1

Scroll Up