Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Corteva Agriscience marca presença no Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

Pelo terceiro ano consecutivo, o evento contará com o patrocínio e a participação da companhia em diferentes painéis para fomentar discussões sobre o protagonismo da produtora rural no setor

São Paulo, 26 de outubro de 2020 – A Corteva Agriscience reforça sua atuação em prol da mulher no setor Agro com a participação no principal evento voltado às discussões sobre o papel da produtora rural no país, o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio – CNMA. O evento, que está em sua quinta edição, será realizado esta semana, entre os dias 26 e 29 de outubro, das 09h30 às 13h, de maneira digital, e terá como tema central: “Mulher brasileira: a voz global”. A programação contará com importantes personalidades do mercado, tratando de diversos assuntos, entre eles: governança familiar, protagonismo feminino no setor, pesquisa e desenvolvimento tecnológico, gestão e análise de plataformas para o campo e as perspectivas para o agronegócio nacional e internacionalmente.

Além de ser uma das principais patrocinadoras do evento, a Corteva estará presente em diferentes painéis, como o que será realizado na quarta-feira (28/10), às 11h15, sobre a história do programa e objetivos futuros da Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio. Participarão, Augusto de Moraes, Diretor de Relações Institucionais da Corteva Agriscience para a América Latina, Marcello Brito, Presidente da Associação Brasileira do Agronegócio e Viviane Barreto, Diretora Executiva da Fundação Dom Cabral. A contribuição da companhia também será feita no último dia do evento, 29/10, às 09h40, com a participação da Presidente Global da Plataforma de Proteção de Cultivos da Corteva Agriscience, Sussane Wasson, discutindo na mesa redonda “Comercio Internacional: Perspectivas 2020-2021” as possibilidades no mundo para o agronegócio no futuro.

“As iniciativas para incluir mulheres em cargos de liderança no agronegócio são cada vez mais importantes. Com ações direcionadas ao protagonismo feminino no setor, queremos colaborar para aumentar a igualdade de gênero. Na Corteva, sempre fomentamos a conscientização sobre a relevância e o sucesso das mulheres na agricultura”, afirma Rosemeire dos Santos, Gerente de Relações Institucionais da Corteva.

Iniciativas em favor da diversidade no setor Agro

A Corteva busca e age para um futuro no agro com mais diversidade, com uma participação mais equilibrada entre homens e mulheres, por isso, possui um calendário anual com ações direcionadas ao tema. No ano passado, a companhia aderiu aos Princípios de Empoderamento das Mulheres – WEPs, propostos pela ONU Mulheres e pelo Pacto Global da ONU. A promessa representa tomar uma posição e se comprometer formalmente com o avanço da igualdade de gênero. Além da promessa pública feita à ONU Mulheres, a empresa colocou em prática uma série de iniciativas que valorizam a presença das mulheres no agronegócio. A empresa mantém uma Rede de Mulheres (grupo interno) composta por colaboradoras que se reúnem para discutir novas formas de oferecer oportunidades iguais no mercado de trabalho.

Com foco em promover ações que reforcem o empoderamento feminino, e em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) e a escola de negócios Fundação Dom Cabral, a Corteva lançou em 2019 a Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio. Em 2019, o programa envolveu 2.500 mulheres por meio de eventos e workshops, e ofereceu treinamento completo para 20 participantes. Já neste ano, contamos com a participação de 150 mulheres prestes a se formar, em um curso 100% online.

O objetivo da Academia é dar ao grupo um repertório (de ferramentas), impulsionar a presença feminina no setor e estimular cada vez mais o protagonismo feminino. Ao longo do curso, as agricultoras aprendem habilidades de liderança, economia e mercado agrícola, cenário político e os seus impactos no agronegócio, inovação e sustentabilidade.

“Temos muito orgulho em ver que, a partir dos ensinamentos da Academia, iniciativas pessoais das participantes estão sendo criadas, estimulando a atuação delas no mercado localmente. Na região de Catalão/GO, por exemplo, temos uma aluna agricultora que desenvolveu um grupo de mulheres do agronegócio na região para impulsionar e engajar outras profissionais na agricultura, trabalhando para que seus interesses sejam representados. Isto mostra que estamos no caminho certo”, complementa Rosemeire.

As ações e a presença da Corteva no 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio evidencia que a relevância do protagonismo feminino no setor é uma bandeira veiculada pela companhia em todo o mundo.

Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma empresa de capital aberto que oferece aos agricultores de todo o mundo o mais completo portfólio de insumos do setor, como sementes, proteção de cultivos e soluções digitais para maximizar a produtividade e a rentabilidade dos produtores. A empresa é detentora de algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura (Pioneer®, Granular®, Brevant™ Sementes e premiados produtos de Proteção de Cultivos), trabalhando ativamente no desenvolvimento e lançamento de produtos por meio de seu robusto pipeline de química ativa e tecnologias. A empresa está empenhada em trabalhar com toda a cadeia para cumprir o seu propósito de enriquecer a vida daqueles que produzem e consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. A Corteva Agriscience tornou-se uma empresa independente em 1º de junho de 2019. Antes dessa data, era Divisão Agrícola da holding DowDuPont. Mais informações disponíveis em www.corteva.com

Scroll Up