Emenda de Vander beneficia apicultores de Dourados com equipamentos

Já chegaram a Dourados os dois equipamentos adquiridos pela Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, por meio de emenda parlamentar do deputado federal Vander Loubet e do ex-deputado federal Zeca do PT, que vão atender aos produtores de mel do município.

O homogeneizador para mel (com capacidade para 600 quilos) e a máquina embaladora em sachê para mel (“sachezeira”, com capacidade de produção de 3.000 unidades/hora) estão avaliados em R$ 42.300,00 e vão estruturar o entreposto de mel da Associação de Apicultores de Dourados (Promel). Os equipamentos permitirão que a Associação aperfeiçoe as práticas de manuseio do mel dentro do entreposto, incrementando a renda dos apicultores e estimulando o desenvolvimento local.

De acordo com o plano de uso dos equipamentos, serão beneficiados os 21 apicultores da Promel, que possuem atualmente 56 apiários, 1152 colmeias e uma expectativa de produção de 36,5 toneladas/ano.

O deputado Vander comemorou a chegada do homogeneizador e da “sachezeira” e afirmou que investir na agricultura familiar e na pequena produção é um dos caminhos para o desenvolvimento do estado.

“Não tenho dúvidas de que é estratégico para Mato Grosso do Sul e para os nossos municípios investir no trabalho dos agricultores familiares e pequenos produtores, nos três pilares desse setor: melhoria e modernização da produção, agregação de valor – ou seja, a agroindustrialização – e a comercialização. É uma atividade que tem grande capacidade de geração de emprego e renda”, pontuou o parlamentar petista.

Investimentos – A emenda destinada por Vander e Zeca soma R$ 528.375,73 e inclui não apenas a aquisição do homogeneizador e da máquina embaladora de mel como também outros investimentos para apoiar a agricultura familiar douradense.

Estão sendo adquiridos um caminhão para transporte de legumes e verduras (avaliado em R$ 173.400,00), uma camionete para o trabalho de Assistência Técnica e Extensão Rural (R$ 117.233,00) e três estufas para produção de mudas e hortaliças (R$ 139.660,00).

 

Assista: Agricultura familiar de Dourados é beneficiada mais uma vez por Vander https://youtu.be/DxpJIXW72x4

 

     

Marcelo Miglioli diz que a Campo Grande tem o centro maquiado e os bairros abandonados

O engenheiro Marcelo Miglioli foi confirmado candidato a prefeito de Campo Grande na Convenção do Solidariedade realizada na noite de ontem. A candidata a vice, do mesmo partido, é a enfermeira Carlla Bernal.
“Estamos confiantes de que o nosso projeto Pense Grande Campo Grande é a melhor proposta para o desenvolvimento da nossa Capital”, afirmou Miglioli em discurso ao lado dos presidentes do PMN regional e municipal, Alexandre Rezende e Clodoaldo Bolsonaro, respectivamente, que estão juntos com o Solidariedade, e os deputados estaduais Lucas de Lima e Herculano Borges, o vereador Papy e outras autoridades.
Marcelo Miglioli disse que Campo Grande vem sendo “maquiada” pela atual administração, numa tentativa de enganar a população que foi abandonada nesses quase 4 anos. “Só agora a prefeitura está retomando algumas obras e colocando máquinas nas ruas, mas a população sabe que ela está fazendo isso só para tentar ganhar as eleições. A população saberá responder nas urnas o abandono especialmente de toda periferia da cidade”, afirmou Marcelo.
O vereador Papy, presidente do diretório estadual do Solidariedade, disse também que pela primeira vez o partido lança candidato a prefeito de Campo Grande, “o que só foi possível agora, por conta do Marcelo Miglioli, com quem o partido elaborou o Projeto Pense Grande Campo Grande. Não temos dúvida de que Marcelo é o mais preparado para realmente fazer a melhor administração municipal que a nossa cidade já teve”, ressaltou.
Lucas de Lima, deputado estadual, também enalteceu a capacidade de Marcelo Miglioli. “Ele já demonstrou isso como secretário de Obras do Governo do Estado, quando tocou mais de R$ 5 bilhões em obras em Mato Grosso do Sul e nunca se levantou absolutamente qualquer suspeita de ilicitude. Demostrou que é honesto e competente”, afirmou o parlamentar.
O deputado Herculano Borges também enalteceu as qualidades de Marcelo Miglioli. “Ele conhece muito bem Campo Grande e já demonstrou que é competente como um gestor público. Nossa cidade vai ter um grande avanço de desenvolvimento com Marcelo na administração”, afirmou.

CAMPO GRANDE: Com chapa pura, MDB lança Marcio Fernandes e Juliana Zorzo na majoritária

Com o deputado estadual, Marcio Fernandes, e a ex-vereadora de Campo Grande, Juliana Zorzo, o MDB lança chapa majoritária que será definida na convenção desta terça-feira (15) para concorrer a Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Eleito com 27 anos em 2006, Marcio Fernandes está no seu quarto mandato, sendo destaque na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul (Alems) por sua atuação. Como médico veterinário preside desde 2007, a Comissão Permanente de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira e tem por objetivo continuar o trabalho em prol do agronegócio, da defesa sanitária animal e da geração de renda.

“Muito feliz em receber a Juliana em nossa chapa porque é uma amiga que tenho de muitos anos e temos uma afinidade muito grande. A Juliana traz essa leveza da mulher para chapa, mas com experiência empresarial e também a formação em Direito. Acredito que o eleitor quer propostas inovadoras e querem eficiência, gestão. Assim como eu, a Juliana veio da iniciativa privada e tem experiência com gestão. Vamos apresentar um Plano de Trabalho embasado nas necessidades da Capital”, destacou Marcio Fernandes.

Além do trabalho como parlamentar, Marcio Fernandes também se importa com as crianças e adolescentes do Estado. Com o projeto Judô Nota 10, mais de cinco mil jovens começaram a praticar o esporte e, em contrapartida, precisam manter boas notas nas escolas. Entre os principais benefícios estão o desenvolvimento físico, emocional e o melhor aproveitamento nos estudos.

Com o compromisso de trabalhar em prol de Campo Grande, a ex-vereadora e advogada, Juliana Zorzo, compõe a chapa no posto de pré-candidata a vice-prefeita. Como parlamentar no Legislativo municipal, Juliana integrou a Comissão Permanente de Finanças e Orçamento; Comissão de Educação e Desporto; Comissão Permanente de Segurança Pública e membro da Comissão Permanente de Cidadania e Direitos Humanos.

Pré-candidato a Prefeito
Marcio Fernandes nasceu em Umuarama (PR), é filho de Wilson Fernandes e Regina Conceição Jardim Fernandes. Casado com Flávia Figueiredo Fernandes e pai de duas meninas, Marcio veio para Campo Grande com apenas cinco anos, quando sua família resolveu investir no ramo de veículos e agropecuária em Campo Grande. Aos 17 anos iniciou a vida universitária, cursando Medicina Veterinária na Anhanguera/Uniderp.

Em 2004, ainda com 25 anos e recém-formado, tornou-se por um breve período, administrador de uma indústria de biodiesel na cidade de Jaraguari. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual com 9.708 votos e assumiu o primeiro cargo público aos 27 anos. Em 2010, Marcio Fernandes foi reeleito com 23.138, o que representou – dentre os deputados – o maior aumento percentual de votos, 138%, no comparativo com o pleito anterior. Já no terceiro mandato, o parlamentar ampliou sua base eleitoral, tendo voto em 72 municípios de Mato Grosso do Sul, sendo eleito com 22.357 votos.

Pré-candidata a vice-prefeita
Campo-grandense, Juliana Zorzo cresceu na Capital Morena. Filha de Denize Elayne Zorzo e Wilson Joaquim Silva, ela é casada e mãe de uma menina. Ainda muito jovem, em 2010, Juliana concorreu pela primeira vez a um cargo eletivo, pleiteando uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Em 2012, Juliana concorreu a uma cadeira na Câmara Municipal da Capital, ficando como suplente, e assumiu o cargo na vaga deixada pelo então vereador Herculano Borges. Juliana também foi presidente da então Fundação de Cultura de Campo Grande (Fundac).

Formada em Direito pela Uniderp, Juliana é advogada e também atua como gerente comercial de indústria e diretora em uma empresa de educação.

Crédito: Fernando Hassessian

Andrezão é o candidato a prefeito de Itaporã pelo PSD

Com homenagem às vítimas de Covid-19, PSD marca Ato de Apresentação de Coligação com um minuto de silêncio e balões brancos ao céu.

Na noite deste sábado (12), a Coligação “Pra Frente Itaporã”, se reuniu na Câmara Municipal de Itaporã para apresentar os candidato, em Ato de Apresentação de Coligação.

Composta pelo PSD, PT, PDT e PSB, até o momento, conta com 19 pré-candidatos a vereador.

Em sua declaração, o pré-candidato a vice-prefeito, Michel Vaz agradeceu aos presentes e firmou compromisso com os cidadãos itaporanenses de levar incentivo ao empreendedorismo.
“Este momento que nós estamos escrevendo para a história de Itaporã, ficará marcado, tendo em vista um 2020 de inúmeros desafios e tantas dificuldades. Estamos plantando a semente da esperança em cada itaporanense”, enfatizou Michel Vaz.
“Estamos aqui colocando-se à disposição de toda a sociedade, apresentando um projeto, cujo objetivo é de uma gestão eficiente, que terá como compromisso, valorizar cada centavo pago com suor do povo trabalhador da nossa Itaporã”, destacou.
“Vamos fazer de 2021, o início de muitas mudanças, com projetos que focam o bem-estar das pessoas, um projeto que visa dar condições para o empreendedorismo, a produção intelectual, a pesquisa. Itaporã precisa ser melhorada e mudar, por meio de uma administração séria e de excelência ao seus cidadãos”, declarou.

“Este momento experimentamos circunstâncias que estão nos ensinando a sermos pessoas melhores, mais preocupadas com o próximo e seu bem-estar. E, portanto, hoje firmo o compromisso com todo o cidadão, de empreender todos os meus esforços, para o desenvolvimento de uma cidade melhor, que trará bons resultados para toda a nossa sociedade”, finalizou Michel.

Durante o evento, foram transmitidos vídeos de apoio de diversas autoridades: Lidio Lopes, deputado Estadual, pelo Patriota; Vander Loubet, deputado Federal, pelo PT; Cabo ALMI, deputado Estadual, pelo PT; BIFFE, ex-deputado Federal; Dagoberto, deputado Federal, pelo PDT; Fábio Trad, deputado Federal, pelo PSD; e Nelsinho Trad, senador, pelo PSD.

Com a força da base política, com 5 deputados estaduais, 3 deputados federias, 1 senador, o prefeito da Capital, além de várias outras lideranças, o pré-candidato a prefeito, Andrezão, declarou estar pronto para o desafio.
“Com o apoio da nossa base, posso dizer que estou pronto para trabalhar pelo nosso povo junto ao Michel.
Nós estamos montando um plano de Governo com base no clamor social, humanizado, dinâmico, porém simples, mas efetivo e moderno, a colocar Itaporã para frente.
Nas nossos andanças notamos as pessoas libertas do cabresto e discutindo política, notadamente prontas para fazer Itaporã prosperar. É só o início!
Portanto faremos uma campanha digna, sem excessos, por meios de uma política séria, para que daqui alguns anos, os filhos de Itaporã, não precisem ir para outras cidades para estudar e trabalhar.
Nós iremos construir nossa própria história: de desenvolvimento, de avanço, e sair do retrocesso, pis a nossa bandeira é o povo de Itaporã”, declarou.

Ao final do evento, Andrezao, convidou a todos para um minuto de silêncio, e junto ao pré-candidato a vice-prefeito, Michel Vaz, soltaram balões brancos, à frente da Câmara de Vereadores.

“Quero encerrar esta festa democrática de forma diferente. Perdemos mais uma vida de ontem para hoje, vitimada pelo Covid-19.
Então, sem estrondos, sem barulho, vamos encerrar este evento de forma diferente. Então façamos um minuto de silêncio em homenagem às 6 vítimas do Coronavírus em Itaporã e em homenagem a todas as vítimas do mundo todo”

Foram 5 estrelas brancas, em homenagem às vítimas da cidade de Itaporã, e 5 corações brancos representando as vítimas de todo o mundo.

O evento atendeu exigências do Ministério Público e todos os protocolos de biosegurança.

(Texto: Élen Malfará – Foto: Henrique Reis)

Há 33 anos população de Bonito “canta” Hino Oficial do município “clonado” de cidade do interior paulista

Nicanor Coelho, Editor-chefe

= = = = = = = = = = = = = = = = = =

Desde 21 de setembro de 1987 quando o então prefeito Darci João Bigaton sancionou a lei número 424/87, aprovada pela Câmara de Vereadores, que a população de Bonito, município turístico de Mato Grosso do Sul conhecido em todo o mundo por suas belezas naturais, “canta” o hino oficial da cidade que foi “clonado” da cidade de Arandu localizada no interior do Estado de São Paulo.

Há algumas pequenas diferenças na letra  e na música o que não desconfigura a clonagem. O caso não chega a ser considerado plágio pois os hinos foram compostos pelo mesmo autor que deve ter “vendido” para os dois municípios.

 

Cerca de um ano e meio antes os vereadores de Arandu aprovaram a lei número 418 de 21 de março de 1986 que também instituiu o Hino Oficial da cidade de menos de 7 mil habitantes. Acontece que os hinos de ambas as cidades com letras e músicas similares foram compostos pelo músico Nelson Biasoli, falecido em 2014 e considerado o maior compositor de hinos para municípios, ultrapassando a soma de quinhentos.

A lei 418 de Arandu foi sancionada por Josely Benedito Silvestre, prefeito da época. O atual prefeito Luiz Carlos da Costa disse ao Midiaflex que desconhecia o fato de outra cidade brasileira ter adotado o mesmo hino de Arandu. Ele disse que a partir de agora vai analisar a lei que criou o hino de Bonito e caso se comprove a “clonagem” alguma medida deverá ser tomada.

O Midiaflex encaminhou para o conhecimento do prefeito de Arandu e para a assessoria da Secretária de Governo de Bonito, Terezinha Dela Pace Braga, cópias dos projetos de leis, das partituras, das letras do hino e próprio hino cantado com o acompanhamento de orquestra para análise.

O autor do Hino usado pelas duas cidades nasceu em 10 de julho de 1931 em Tambaú, São Paulo e morrei em 17 de setembro de 2014 em Ribeirão Preto no mesmo estado. Filho de Balduino Biasoli e Angelina Lepri Biasoli, Nelson é autor de mais de quinhentas composições musicais sendo considerado o recordista mundial na criação de hinos, conforme currículo posto no Wikipédia.

LETRA DO HINO DE ARANDU

 

Terra bela, livre e amada

Família luz, cor e gratidão

Rio-mar, águas abençoadas

O progresso é a tua redenção.

 

Vejo alvorada e o luar da cor de prata

As estrelas no orvalho descortinam os véus

As flores são aves que pousam nas matas

As aves são flores que voam nos céus.

 

Barreiro antigo cheio de tradições

És Arandu de glória e conquista

No trabalho harmonia e devoção

Tua alma heróica de bravo sertanista.

 

Sim, cidade da esperança do Estado Paulista

Vive do aroma e perfumar entre os vergéis

Vitorioso berço brasileiro

Vive da fé, tem crença entre os fiéis.

 

Arandu, botão em flor

Os teus filhos te veneram com amor

Terra tão fértil de belezas mil

Orgulho do meu Brasil.

 

Oh! Gorjeio de canto gentil

Tua gente hospitaleira é teu porvir

Teu futuro será cheio de glória

Desabrochando em teu perfil!

 

 

LETRA DO HINO DE BONITO

 

Terra bela, livre amada

Família, luz, cor e gratidão

Rio Formoso de águas abençoadas

O progresso é a tua redenção

 

Vejo Alvorada e o luar da cor de prata

As estrelas no orvalho descortinam os véus

As flores são aves que pousam nas matas

As aves são flores que voam nos céus

 

Rincão Bonito, cheio de tradições

És maravilha de glória e conquista

No trabalho harmonia e devoção

Tua alma heróica de bravo sertanista

 

Sim, cidade de Mato Grosso do Sul

Vive do aroma a perfumar entre vergéis

Tens, a pureza, na gruta do Lago Azul

Vive da fé, tem crença entre os fiéis.

 

Oh! Bonito, botão em flor

Os teus filhos te veneram com amor

Terra tão fértil de belezas mil

Orgulho do meu Brasil!

 

Paraíso terrestre, recanto gentil

Tua gente hospitaleira é teu porvir

Teu futuro será cheio de glória

Desabrochando em teu perfil!

 

OUÇA NOS LINKS ABAIXO OS HINOS DAS DUAS CIDADES:

 

Apesar de pandemia, economia de Dourados mostra vitalidade com abertura de 1.091 novas empresas

A Secretaria Municipal de Planejamento da Prefeitura de Dourados apresentou nesta segunda-feira (22) relatório que mostra a vitalidade da economia local, que não sucumbiu diante da pandemia de coronavírus.

No período de março a junho, foram abertas 1.091 empresas na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, conforme revelou a secretária de Planejamento Adriana Benícío. Deste total, 345 são empresas de micro empreendedores individuais (MEI) e as demais são 746 micro empresas (ME) ou empresas de pequeno porte (EPP).

Neste período de pandemia de Covid-19, o relatório da Secretaria de Planejamento aponta que apenas 405 empresas fecharam suas portas, sendo apenas cinco MEI, restando um saldo positivo de 686 empresas. Adriana afirma ainda que durante a pandemia, 1.290 empresas deram entrada na Secretaria com processos em busca da viabilidade de instalação de novos empreendimentos.

A advogada Patrícia Donzelli, secretária interina de Desenvolvimento Econômico, afirmou que a política adotada pela prefeita Délia Razuk no incentivo ao comércio e à economia, com a manutenção do comércio aberto mesmo em tempos de pandemia, aliada à preservação de vidas, deu certo.

A prefeita Délia Razuk afirmou que Dourados é uma cidade que tem vida própria e com a abertura de mais de mil empresas neste período demonstra que está no caminho certo, apoiando a atividade econômica e cuidando da saúde das pessoas. Délia lembrou que a prefeitura dispõe de vasta legislação que incentiva novos empreendimentos em Dourados.

Délia citou o Plano de Desenvolvimento Economia (PDE), criado com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico, industrial, social, turístico, de serviços, comercial e tecnológico do Município, com foco no aumento da contratação de mão de obra local.

O PDE, criado pela Lei nº 3.532, de 13 de fevereiro de 2012, poderá, para instalação, modernização e ampliação de empreendimentos industriais, comerciais ou de prestação de serviços, conceder os seguintes incentivos: doação de imóvel para empresa interessada em instalar-se no município, ampliar instalações já existentes ou relocalizar-se para proporcionar aumento de produção e de atividades; permissão de uso de pavilhões industriais de propriedade do Município, pelo prazo de até três anos prorrogáveis por igual período; e isenção ou redução do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) decorrentes de obras de construção ou ampliação.

O PDE também garante a isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) incidente sobre o imóvel onde funcionar a empresa incentivada; e ainda a isenção de taxas e/ou emolumentos inerentes ao projeto de construção, alvará e habite-se, somente quando se tratar de micro e pequenas empresas e aquelas integrantes de sistemas de condomínios, associações, incubadoras e cooperativas.

Confirmada a pré-candidatura do José Paulo Paleari à Prefeitura de Nova Alvorada do Sul

O Democratas oficializou no final da tarde de ontem, segunda-feira, 15 de junho, o nome do empresário Jose Paulo Paleari como pré-candidato a prefeito por Nova Alvorada do Sul nas eleições municipais deste ano. A oficialização da pré-candidatura foi confirmada pelo vereador do partido Renilson César.

“Paleari tem total apoio do nosso partido, principalmente dos nossos deputados Zé Teixeira e Barbosinha, do ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, da ministra da Agricultura Tereza Cristina e do vice-governador Murilo Zauith. Paleari já mostrou ser competente e capaz para administrar nossa cidade, seu nome já vem sendo falado no município como pré-candidato, mas o Democratas decidiu oficializar a pré-candidatura de Paleari a prefeito” – disse Renilson.

O vereador comentou que o nome do empresário saiu após ser analisada a atual conjuntura política do município, onde a população aclama por uma “nova política”, por “renovação e mudança”.

“O Democratas vêm oferecer a população um projeto de renovação política e de reconstrução com Paleari. Nossa cidade é uma potência, mas precisa ser mais bem administrada, precisamos de um prefeito com olhos de administrador e que seja capaz de recolocar Nova Alvorada do Sul nos trilhos do desenvolvimento” – destacou Renilson.

O parlamentar afirmou que o partido e o pré-candidato respeitam todos os outros pré-candidatos já anunciados, mas ressaltou que o Democratas tem um projeto inovador e com idéias novas, mas que o principal de tudo, tem o desejo de fazer de Nova Alvorada do Sul um município muito melhor de se viver. “Queremos resgatar a alegria do nosso povo, somente assim conseguiremos gerar um ambiente favorável capaz de alavancar o município em todos os sentidos. Vamos unir cada vez mais o nosso povo, para assim podermos ir crescendo e acelerando o progresso e desenvolvimento de Nova Alvorada do Sul” – finalizou.

Em recente reunião do partido, Paleari afirmou que pretende desenvolver um projeto de governo ousado, com obras estruturantes que sejam capazes de estimular o desenvolvimento econômico da cidade, com responsabilidade fiscal e social. O pré-candidato disse que o próximo prefeito precisa ser um gestor e bom administrador, capaz de formar uma boa equipe, preparada para buscar recursos estaduais e federais.

“Nova Alvorada do Sul tem capacidade de ser uma cidade mais rápida, mais célere, mais ágil e menos burocratizada. Não podemos ser a cidade do devagar quase parando, nosso objetivo é fazer uma gestão de pensamento grande, investindo em tecnologia e inovação para aperfeiçoar a estrutura da cidade, com a participação do povo e com novas propostas de administrar e desenvolver o município de forma sustentável” – disse Paleari.

Para o ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, a escolha de Paleari foi à melhor que o partido poderia ter feito. “Paleari já mostrou ser capaz e competente para administrar o município, é empresário, conhece bem os anseios da população e tem uma proposta conservadora e que se encaixa no perfil do Democratas. Ele tem total apoio do partido, vem com idéias novas e está preparado para administrar a cidade”.

Atualmente, Paleari é presidente do DEM (Democratas) de Nova Alvorada do Sul e tem total apoio político em sua pré-candidatura dos deputados estaduais Zé Teixeira e Barbosinha, do ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, da Ministra da Agricultura Tereza Cristina, do vice-governador Murilo Zauith , todos do Democratas. Paleari conta ainda com apoio do deputado federal Beto Pereira (PSDB), do deputado estadual Jamilson Name (sem partido), podendo ainda obter apoio do Deputado Federal Fabio Trad (PSD) e do Senador Nelsinho Trad (PSD.

Quem é Paleari
José Paulo Paleari, médico veterinário e empresário em Nova Alvorada do Sul há mais de 10 anos. De família tradicional, nos últimos anos se destacou no setor imobiliário com a GP Empreendimentos e como um dos produtores com a melhor qualidade na produção de proteína animal, frutos de uma gestão séria e comprometida.

Mudou-se para o município a mais de 12 anos, mas podemos dizer ser filho dessa terra, pois desde pequeno morou em Rio Brilhante, cidade na qual Nova Alvorada do Sul foi distrito através da Lei Estadual nº 3.876, de 6 de junho de 1977.

José Paulo Paeari é empresário e produtor rural, casado e pai de dois filhos. Em 2012 chegou a disputar as eleições de 2012 municipais, onde obteve 4.803 votos.

Equipe do Hospital Evangélico-Mackenzie realiza ações na Reserva Indígena de Dourados

Na quarta e quinta-feira (20 e 21), em visita a Reserva Indígena de Dourados a equipe formada por profissionais do Hospital Evangélico Mackenzie de Dourados, composta por 03 enfermeiros e 01 técnico de segurança do trabalho, realizaram mais uma série de ações pontuais e de testagem em moradores com riscos para a Covid-19. Em torno de aproximadamente 30 moradores da Aldeia Bororó II, foram testados pela equipe. Durante a ação foram realizadas as coletas do material, e ainda receberam o apoio da médica do posto de saúde local.

Já na quinta-feira (21), a equipe realizou as coletas de  mais 28 amostras, sendo 24 realizadas na Escola da Aldeia Lagoa Rica em Douradina, e mais 04 coletas em uma residência local,  com o auxílio da enfermeira e técnicos de enfermagem da própria aldeia.

APOIO TÉCNICO E DOAÇÃO

A equipe do HE Mackenzie aproveitou a oportunidade para ministrar uma rápida aula de aperfeiçoamento e orientações de segurança, para a equipe local facilitando a compreensão e a importância da paramentação e uso de equipamentos e procedimentos  de segurança.

Ainda houve a entrega de  algumas doações, onde se destacam 03 conjuntos  de esfigmomanômetros e estetoscópios, para a utilização durante as consultas em casos suspeitos.

“Fomos muito bem recepcionados, tanto pela equipe de saúde, como pela população indígena. Percebemos que a população indígena está bem aflita e preocupada com tal situação, o nosso trabalho é fundamental para acalmar e tirar dúvidas da população que não tem tanto acesso as informações…”   comentou a enfermeira Elenice Brandão Almeida da Cunha que também é  coordenadora do serviço de controle de infecção e epidemiologia hospitalar do HE-Mackenzie de Dourados.

Advogado Daverson Matos alerta os trabalhadores sobre as garantias por causa da Pandemia de Coronavírus

Em meio à instabilidade financeira gerada pela paralisação de comercio e indústrias para conter o avanço do Coronavírus (Covid-19), pandemia mundial, e sob a direção da Organização Mundial da Saúde (OMS), os governos estaduais e municipais vem fechado órgãos públicos, empresas estão suspendendo os trabalhos e atendimentos e também escolas cortaram as aulas para evitar a proliferação do vírus.

Com essa mudança drástica de rotina, muitas empresas vêm descumprindo as recomendações e até mesmo as ordens de fechamento de estabelecimentos submetendo os trabalhadores ao risco de saúde pela contaminação do Covid-19, ou até mesmo utilizando deste acontecimento para suprimir direitos trabalhistas.

O advogado sul mato-grossense, Daverson Matos, falou sobre a importância das garantias do trabalhador em meio à pandemia do Coronavírus, aduzindo que o trabalhador que se encontra no grupo de risco (pessoas com doenças do coração, fumantes, diabéticos e idosos), deve comunicar o empregador, apresentando sua documentação medica se necessário para o afastamento, com base no princípio da dignidade da pessoa humana, o direito à vida, que vem em primeiro lugar, acima do lucro, devendo o empregador respeitar as medidas estabelecidas.

Advogado Daverson Matos

Outro fator importantíssimo, é que o empregador ao suspender as atividades laborais na prevenção ao contagio do coronavírus, motivado pela quarentena ou pelo isolamento, NÃO PODERÁ REALIZAR QUALQUER DESCONTO SALARIAL, devido ser considerada uma falta justificada, que garante ao trabalhador não ser penalizado. LEI Nº 13.979, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2020

“Há de se verificar que o empregador assume os riscos da atividade e a suspensão do trabalho não decorre de fato gerado pelo empregado, mas sim de um risco da atividade que o empregador tem que arcar” pontuou Daverson.

Uma das medidas encontradas pelos empregadores vem sendo as férias coletivas, o que não exime o trabalhador do pagamento dos salários e o acréscimo constitucional de 1/3.

Já a demissão, um ato extremo, vem sendo a saída para outros empregadores que não estão suportando a crise econômica que vem assolando o país, o que não retira a responsabilidade do Estado intervir para socorrer a população durante esse período, principalmente os trabalhadores avulsos, autônomos que vem tendo maior abalo financeiro.

Atualmente uma das medidas adotadas pelo Ministério da Economia, consiste em um auxilio emergencial anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro no dia (26) para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo Coronavírus no valor de R$ 600 por mês.

Dança no casamento pode ser experiência inesquecível e aproximar mais os casais

Em quatro encontros, noivos estão prontos para se apresentar

A engenheira agrônoma Lorrayne Pereira Vidal Lázaro e o arquiteto e urbanista Robison Dário Lázaro realizaram um sonho de cinema. Para começar a vida a dois com muita alegria, eles escolheram um clássico para dançarem para seus convidados durante a festa: a música tema do filme Dirty Dancing, do Time Of My Life.

A preparação foi tão caprichosa que, além dos ensaios, Lorrayne providenciou um look especial, mais curto, substituindo o vestido tradicional de noiva que usou durante a cerimônia e, nos pés, os saltos deram lugar a um par de All Star brancos, para facilitar a movimentação na pista. “Logo após a dança eu coloquei novamente o vestido de noiva e continuei com o tênis”, relembra.

Fazer uma dança especial foi a realização de um sonho e também uma atitude que marca o jeito de ser de Lorrayne e Robison, que, animados, sempre gostaram de dançar.  “Ensaiar e dançar juntos foi uma experiência que nos conectou muito”, explica a engenheira agrônoma. Além disso, a música marcou a história do casal que sempre é lembrado pelos amigos por conta da escolha da canção. A preparação foi feita pelo coreógrafo Ivan Sousa, de Campo Grande (MS), que prepara danças para casamentos, formaturas e bailes de debutantes há 15 anos. Já foram mais de 700 eventos realizados. Ele conta que cada vez mais casais querem sair do comum, substituindo a tradicional valsa por danças mais modernas e que tenham a ver com o casal. Muita gente chega ao estúdio de Ivan sem saber o básico em dança e, mesmo assim, têm sucesso na tarefa. “A quantidade de encontros tem a ver com a disponibilidade do casal e quanto tempo eles têm para se preparar. São necessários entre 4 e 8 encontros para estar tudo perfeito”, explica.

Ivan passou a atender este mercado por ser um apaixonado por eventos e adorar ajudar as pessoas a se prepararem, se superarem e, claro, a transformar momentos importantes em experiências inesquecíveis. “Minha intenção é que a dança seja um momento inesquecível, uma realização de um sonho”, finaliza.

Ele estará na próxima edição do Expo Noivas MS, que acontece nos dias 13 e 14 de março, no Bosque Expo, espaço de eventos dentro do Shopping Bosque dos Ipês. Além de apresentar danças especiais, ele estará à disposição para tirar dúvidas e dar orientações aos noivos presentes.

Scroll Up