PMN define pela candidatura de Jeferson Bezerra a prefeito de Dourados

O PMN (Partido da Mobilização Nacional) oficializou em convenção hoje (16) a candidatura a prefeito do jornalista Jeferson Bezerra à Prefeitura de Dourados nas eleições deste ano.

O partido enfrenta o pleito com chapa pura, sem aliar-se a partidos de maior expressão por entenderem seus dirigentes que as propostas para a cidade não são de acordo com os interesses da população.
As candidaturas de Jeferson como prefeito e de Messias como vice deverão ser registradas em cartório nos próximos dias e as propostas da dupla para administrar Dourados serão debatidas com a sociedade através das redes sociais e outras oportunidades de exposição das idéias candidatos.
“Não temos os recursos que os poderosos têm para enfrentar um embate eleitoral, mas temos o entendimento daquilo que é melhor para o povo simples e humilde como nós. Seremos o marco na campanha eleitoral de Dourados e conseguiremos levar nossas ideias para o povo avaliar e decidir pelo melhor para a cidade”, destacou Jeferson Bezerra.
A intenção dos candidatos do PMN é mostrar a verdade das demais candidaturas a prefeitura da cidade e quais os verdadeiros interesses por traz delas.

“Vamos desmascarar as pessoas que não querem o bem de Dourados”, afirmou Jeferson, aproveitando para pedir o engajamento de todos em sua campanha para provar que humildade e falta de recursos não impendem o desejo de lutar por melhorias para a cidade.

Messias e Jeferson

Lucas Foroni disputa a prefeitura de Rio Brilhante pelo MDB pregando a renovação na política

O diretório do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), em convenção realizada na manhã deste sábado, (12), na Câmara municipal de Rio Brilhante definiu o nome do jovem, engenheiro agrônomo, Lucas Foroni , filho do ex-prefeito Sidney Foroni para disputar as próximas eleições que ocorreram no dia 15 de novembro.

“Primeiramente agradeço a Deus pela oportunidade que estou recebendo em ser pré-candidato a prefeito por minha cidade. Sou filho desta terra, onde nasci e cresci, estudei e me formei engenheiro agrônomo, e hoje me sinto em condições de representar a minha cidade e ao lado do meu pai, que sempre esteve envolvido com a vida pública, aprendi a conhecer todas as dificuldades que afetam a população mais necessitada de Rio Brilhante,  e podem ter a certeza que não medirei esforços para fazer o melhor para essa cidade que eu tanto amo.”. Disse“Tenho plena convicção da responsabilidade que pesa sobre meus ombros, mas essa responsabilidade não me amedronta, ao contrário, me encoraja, pois sei que o nosso partido, pela sua historia de luta, não poderia ficar fora dessas eleições.

Inicialmente eu tinha definido que seria candidato a vereador e teoricamente teria uma chance muito grande de ser eleito, mas diante do atual cenário político da nossa cidade e pelas dificuldades que enfrentamos me senti na obrigação de colocar meu nome a disposição do nosso partido para representar cada um de vocês e a nossa população”. Frisou.

“Nesses dias, o nosso partido fez diversas reuniões para que pudéssemos tomar essa decisão, tenho convicção de que tomamos a decisão correta, pois não poderíamos ficar fora deste pleito eleitoral sem um candidato a prefeito.

Nos próximos dias, vamos constituir um grande grupo de trabalho,  que será responsável por traçar todos as nossas programações de campanha, e principalmente elaborar um plano de governo, que comtemple a saúde, a educação, a assistência social, a habitação, o esporte e lazer, os nossos assentamentos, a zona rural, a nossa querida aroeira e nossos servidores públicos municipais,  pois vamos ouvir a sociedade para poder atender os seus anseios em prol de uma Rio Brilhante cada dia melhor, e vamos criar um grande programa de geração de emprego  e renda e industrialização do nosso município,  de acordo com as nossas potencialidades, bem como traçar estratégias para o incentivo e a valorização do nosso comércio e das empresas já instaladas aqui”. Finalizou

Para Sidney Foroni, “Lucas é um jovem de coragem, que representa muito bem nosso partido, tem muitas idéias que colocadas em práticas fará o nosso município desenvolver, gerando empregos e renda, dando oxigenação a economia local”. Frisou Foroni, ex-prefeito da cidade.

Participaram do evento os vereadores do MDB, Juraci, Furlan, João Pedro e do DEM, Adãozinho  e o presidente da Câmara, José Maria (Nô), além do diretório do MDB, e pré-candidatos do partido que disputaram no próximo pleito.

Professor João Carlos disputa a Prefeitura de Dourados pelo Partido dos Trabalhadores

PT define em Convenção Prof. João Carlos como candidato a Prefeito de Dourados, e Lourdes Castro como candidata a Vice-Prefeita.

O PT homologou neste domingo (13 de setembro 2020), em sua Convenção Eleitoral, através de videoconferência ocorrida a partir das 9h30, sua chapa majoritária, a candidatura do  Prof. João Carlos a prefeito de Dourados e a candidatura de Lourdes Castro de Oliveira Kurttert a vice-prefeita. Definiu, igualmente, que não fará aliança com outros partidos.

Homologou, também, a chapa proporcional que disputará as eleições de 15 de novembro, apresentando  6 candidatas mulheres e 9 candidatos, atendendo a regra legal referente aos 30% de cotas relativas a gênero. Tratam-se dos seguintes candidatos/as:  Algemiro de Souza, Anderci da Silva, Antonio Weber, Claudinei dos Santos Moreira, Edivaldo de França Guerra, Elias Ishy de Mattos, Gleice Jane Barbosa, João Antonio de Queiroz, LucíelenMariany Leivas Leite Prudente, Lucas Diniz Medeiros, Liandro Moreira dos Santos, Renata de Oliveira Costa, Ronaldo Ferreira Ramos, Sandy Tatiane Santos Nascimento, Zaida Albuquerque Matos.

O ato político contou com a participação e falas de lideranças do PT, Gleisi Hoffmann (presidenta nacional); Ideli Salvatti, (direção nacional), Vladimir Ferreira, (presidente estadual), Laerte Tetila (ex-prefeito de Dourados); Dep. Federal Vander Loubert, Dep. Estadual Cabo Almi, João Grandão (ex-dep. Federal), Damião D. Farias (ex-reitor UFGD), Marisa L. de Farias (diretora FCH/UFGD. A apresentação do ato contou com  Wilson Biasotto (ex-vereador).

A candidata Lourdes Castro, quilombola e trabalhadora na agroecologia, destacou  em sua fala,  seu compromisso na defesa das mulheres, de suas principais reivindicações, para que tenham melhores condições de vida.

O prof. João Carlos, lembrou a importância de vários companheiros em sua trajetória  no PT, que teve início em 1983.  Destacou a pessoa do educador Paulo Freire, com quem aprendeu que o diálogo é fundamental para um líder político. Comentou, também, os desafios do momento presente, principalmente aqueles relacionados às perdas de direitos pelos trabalhadores e trabalhadoras. Ao abordar o descaso em que se encontra a cidade de Dourados, afirmou a necessidade de um plano emergencial para superar e atender a população.

 

Deputado Estadual Marcio Fernandes é nome do MDB a prefeitura de Campo Grande

A escolha do deputado estadual Marcio Fernandes como pré-candidato a prefeitura de Campo Grande foi consenso no Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e o partido reitera que não tem a intenção de frustrar as expectativas dos eleitores alterando o nome que vai concorrer ao Executivo municipal.

“Não sabemos a quem interessa divulgar essa mudança de chapa, mas o MDB tem como pré-candidato de Campo Grande o deputado Marcio Fernandes e no dia 15, na convenção, será confirmado como candidato a prefeito. A escolha foi um consenso do partido, com todas as lideranças incluindo o ex-governador André Puccinelli”, destaca o presidente do MDB em Campo Grande, Ulisses Rocha.

O presidente, Ulisses Rocha, ressalta ainda que o partido sabe do bom desempenho que André Puccinelli teve à frente da administração de Campo Grande, mas reafirma que partido está unido na pré-candidatura de Marcio Fernandes.

“Puccinelli sempre participou das reuniões e discussões com relação aos candidatos do MDB. Ele é um grande entusiasta da pré-campanha e campanha de Marcio Fernandes à prefeitura de Campo Grande. Claro que sabemos do carinho, respeito e admiração que Campo Grande e o Estado tem por ele, mas o nome do Marcio Fernandes é matéria resolvida dentro do partido”, disse Ulisses Rocha.

Serviço
No dia 15 deste mês, das 12h às 18h, o MDB vai realizar na sede o partido a sua convenção municipal, onde o nome do atual pré-candidato será registrado como representante do partido na disputa pela administração da Capital.

Crédito: Fernando Hassessian

Convenção do PSD de Itaporã no dia 12 confirma candidatura de Andrezão para disputar a Prefeitura

O Partido Social Democrático – PSD de Itaporã realiza no próximo sábado dia 12 a partir das 18h na Câmara Municipal a convenção municipal que vai referendar a candidatura de Andrezão à prefeito

Na oportunidade serão homologadas as candidaturas a prefeito, vice e vereadores para o pleito deste ano, bem como a definição do arco de alianças políticas de sustentação ao projeto, todos serão muito bem-vindos.

No evento serão obedecidas as regras de distanciamento e segurança quanto ao COVID-19). Andrezão terá como candidato a vice Michel Vaz do PDT. No mesmo local e horário será realizada a convenção do PDT.

 

PSL de Itaporã está numa encruzilhada: Lança prefeito próprio ou capitula e dá o vice para Pacco do PSDB

PSL de Itaporã está numa encruzilhada: Lança prefeito próprio ou capitula e dá o vice para Pacco 

 

O Partido Social Liberal (PSL) de Itaporã que havia de forma antecipada anunciada as pré-candidaturas a prefeito e a vice em julho do ano passado parece que terá que recuar desta decisão.

O pré-candidato a prefeito do PSL, Carlos Heitor de Paula e seu vice Stanley  Gonella estão entre a cruz e a espada. Comenta-se que a direção estadual do partido deu a sentença: apoiam o PSDB de Marcos Pacco, indicando o candidato a vice-prefeito ou nada.

Se isso for verdade o PSL de Itaporã que funciona apenas como uma Comissão Provisória poderá vê-la destituída sob a orientação da senadora Soraya Trhonicke.

Não se sabe, ao certo, qual o preço que o PSL de Itaporã pagará por este enredo ou que quais serão os motivos que levarão Carlos e Gonella a aceitar a desdita do diretório estadual do partido.

Dirigente do PSL de Dourados anuncia novos nomes para eventual secretariado

Depois da empresária Cleuza Zonrnita ter sido mencionada como uma das integrante do primeiro escalão da Prefeitura em uma eventual vitória do pré-candidato Mauro Thronicke, o vice-presidente do Partido Social Liberal (PSL) em Dourados, Ângelo Ximenes, anunciou na manhã de hoje, terça 12, novos nomes e respectivas secretarias a serem ocupadas. Mauro Thronicke pretende disputar a prefeitura com o apoio da prima Soraya Thronike, que é senadora e muito próxima ao presidente Jair Bolsonaro.
O empresário Aristeu Carbonaro é cotado para a Secretaria de Fazenda. O professor Pablo Lollo pode ocupar a Secretaria de Educação e ele próprio, Ângelo, ocuparia a Secretaria de Planejamento. A empresária Cleuza Zornita responderia pela Comunicação. “São nomes que tem perfil e qualificação para esses cargos. Claro que por enquanto estamos apenas conversando internamente e buscando na sociedade, nas entidades representativas e nas Universidades, por exemplo, outros nomes para ocuparem outras pastas-chaves como as secretarias em uma eventual vitória do Mauro”, afirmou Ângelo, acrescentando não ser muito comum a antecipação de nomes e que o foco é, aprovada a candidatura de Mauro Thronicke na convenção, fazer uma campanha que leve o candidato à vitória.


“Não estamos colocando o carro na frente dos bois, como diz o ditado popular. Sabemos que teremos uma campanha difícil, de um partido novo e do qual boa parte não faz parte dos políticos tradicionais. Quando anunciamos alguns nomes estamos sendo transparentes, dizendo à cidade quem estará conosco”, assinalou Ângelo, lembrando que a eventual gestão não será apenas do PSL. “Estamos a cada dia recebendo apoio de outras siglas e elas também participarão, mas temos deixado claro que a Sáude será cuidada por um médico, a Educação por um professor e assim por diante. O critério final será sempre a competência técnica”, garantiu o dirigente partidário.

PDT de Ivinhema apresenta chapa com 23 pré-candidatos e fica à espera de um candidato à prefeito

Com informações do portal de notícias www.aconteceums.com.br

=============================================

O Partido Democrático Trabalhista de Ivinhema-PDT, apresenta à sociedade seus 23 pré-candidatos aptos para concorrerem as eleições municipais que irão acontecer em 15 de novembro desse ano. O próximo passo do PDT será encontrar um candidato à prefeito para apoiar.

O Partido chega para essas eleições no município muito forte, pois o Deputado Federal Dagoberto Nogueira, que é o presidente estadual do PDT, colocou muitos recursos através de emendas parlamentares para asfaltamento e principalmente na área da saúde, totalizando quase 4 milhões.

Gersinho da Saúde e Róbinson Castilho são os representantes do partido na Câmara Municipal, ambos cumprem o primeiro mandato e destacam-se na casa, realizando um trabalho sempre em favor e interesse da população.

Conversamos com o Presidente Municipal do PDT, Michel Ângelo, que disse: “O partido nessas eleições está com um quadro de pré-candidatos muito qualificado, apto a concorrerem para prefeito, vice-prefeito e vereadores. Temos os empresários Amauri da Auto Elétrica e o Sérginho da Farmácia, além do vereador Róbinson, que podem ser nossos candidatos a prefeito ou vice”, finalizou Michel.

Por amar o Corpo de Bombeiros, Irwing Ferreira compõe a música “Somos por Você” para homenagear os “homens do fogo”

Nicanor coelho – Editor-chefe

= = = = = = = = = = = = = = = =

O ex-cabo do Exercito Irwing Ferreira, por amar o Corpo de Bombeiros, compôs a menos de um mês a música “Somos por Você”, em ritmo de chamamé foi publicada hoje nas redes sociais em homenagem aos chamados “homens do foto” integrantes do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do sul.

Irwing nasceu em Campo Grande em 1983 atualmente é presidente do Conselho Municipal de Segurança da região dos bairros Parati e Piratininga e pertence à primeira turma de voluntários do Corpo de Bombeiros. O autor da canção é música, cantor, compositor e capelão.

“Minha ligação com a segurança é antiga tanto com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar e há menos de trinta dias esta música nasceu no meu pequeno escritório”, disse o compositor explicando que a composição surgiu como forma de valorizar os bombeiros. Irwing desde os 19 anos de idade presta serviços voluntários no Hospital Universitário de Campo Grande com um bombeiro militar chamado capelão major professor Edilson dos Reis.

“Sou da primeira turma de voluntários no Corpo de Bombeiros e lá tenho contato com muitos militares antigos e que estão indo para reserva. Fiquei imaginando estes valorosos que tanto fizeram pela sociedade, agora com seu neto….”, explicou o compositor ao lembrar que o dia Nacional dos Bombeiros Militares é comemorado em dois de julho.

Somos por você

Meu neto sente a meu lado e me sirva um tereré,

Vou te contar uma história de heroísmo e de fé.

Me passa meu violão e escute esse chamamé,

A história de um grande herói que usa farda e boné.

 

Cruzando nossa cidade atendendo mais um chamado,

Levando a vida alheia, com presteza e cuidado.

Quando vejo suas luzes, e escuto o seu sonar,

Sinto grande alegria, segurança e bem estar.

 

Oh, ao brado sempre,

Aos homens…. que arriscam…. a vida pra nos guardar.

Oh, heróis anônimos,

Seja na agua, na altura ou no fogo irão salvar.

 

Meu neto você é pequeno e pode não entender,

mas esses grandes soldados, salvam vidas sem  conhecer.

Arriscam a própria vida, sem nada eles temer,

Lançando a própria sorte, pois este é o seu dever.

 

Dentro de uma viatura, o bombeiro tem prioridade,

Proteger a vida humana, é  sua autoridade.

Deixando sua família sentido saudades no peito,

Oh bombeiro militar, você tem o meu respeito.

 

Oh, ao brado sempre,

Aos homens…. que arriscam…. a vida pra nos guardar.

Oh, heróis anônimos,

Seja na agua, na altura ou no fogo irão salvar.

 

Hoje canto com saudades, minha história neto querido,

Pois esse seu velho avô, já correu esse perigo,

E essas mãos que hoje, seguram seu caminhar,

Já foram muito firmes para vidas à zelar.

 

E deixo à você, meu neto uma lição,

Amar sempre as pessoas , é uma devoção.

Nós somos por você, já diz o nosso cantar,

Primor à vidas alheias, riquezas salvar.

 

Oh, ao brado sempre,

Aos homens…. que arriscam…. a vida pra nos guardar.

Oh, heróis anônimos,

Seja na agua, na altura ou no fogo irão salvar.

Missão Evangélica Caiuá e os desafios da saúde indígena em tempos de COVID-19

A Missão Caiuá tem várias frentes de trabalho com a comunidade indígena, não apenas no Mato Grosso do Sul, mas também em outros Estados Brasileiros como: Roraima e Amazonas. Tem sua sede é em Dourados – MS, onde concentra sua gestão a nível nacional e onde tem uma história de 92 anos de trabalhos ininterruptos com os povos indígenas do Estado do Mato Grosso do Sul.

Na área da saúde a Missão trabalha em duas frentes importantes, de saúde Primária e Secundária.

Convênios Com a SESAI

A primeira frente de trabalho da Missão são os Convênios para atendimento à saúde Básica, com Ações Complementares, que são os atendimentos primários em postos de saúde dentro das aldeias, em parceria com a SESAI – Secretaria Especial de Saúde Indígena, e com responsabilidades distintas.

Nessa área de atendimento a Missão trabalha junto ao Ministério da Saúde deste 1999. São vinte e um anos de trabalho. Hoje a Missão detém nove convênios com a SESAI, que atende a nove, dos trinta e quatro Distritos da Saúde indígena (DSEIs). São eles: Alto Rio Purus (AM), Alto Rio Solimões (AM), Vale do Javari (AM), Manaus (AM), Médio Rio Purus (AM), Médio Rio Solimões e Afluentes (AM) Mato Grosso do Sul (MS), Parintins (AM) e Yanomami (RR). Esses Convênios atendem uma população de 274.948 indígenas, numa vasta região de aldeias e floresta tropical, em muitos casos onde o acesso se dá somente por rios ou por via aérea, numa abrangência de 1.465.776,28 Km2.

Tendo como referência o ano de 2019, foram alocados, mediante plano de trabalho aprovado na SESAI, realizado pelos DSEIs, com os CONDISIS e a Conveniada, recursos no valor de R$ 261.997.762,00 (duzentos e sessenta e um milhões, novecentos e noventa e sete mil, setecentos e sessenta dois mil reais) que foram aplicados mensalmente pela conveniada, em Ações Complementares, especificamente em RH, com equipe de funcionários na área de saúde, assistência social, agentes comunitários, administrativo, engenheiros, antropólogos, etc., somando um total de 4.584 colaboradores no atendimento básico dentro das aldeias.

A SESAI/MS, é a responsável direta por toda a saúde indígena, incluindo logística de locomoção dos funcionários, fornecimento de medicamentos, insumos e a manutenção e reforma dos postos de saúde.

HOSPITAL PORTA DA ESPERANÇA

Junto à sede da Missão Caiuá em Dourados, anexo à aldeia Jaguapiru, fica a segunda frente de trabalho da Missão em saúde indígena, que é o Hospital Porta da Esperança, com sessenta anos de atividades, e que atende as aldeias de Dourados e pacientes vindos de outras aldeias do Mato Grosso do Sul.

O Hospital trabalha com 100% de seus atendimentos pelo SUS e, preferencialmente, com a comunidade indígena, uma vez que também atende a outros pacientes que procurarem o hospital.

Os recursos para o Hospital são: R$ 60.125,79 do Governo Federal, R$ 13.428,57 da Secretaria do Estado do MS e R$ 22.000,00 da Prefeitura de Dourados. Mais os incentivos Federais que são INTEGRASUS R$ 2.870,07, IAEPI (Indígena) R$ 70.300,00, IAC 31.818,38 e 100% SUS R$ 15.403,38, somando um total mensal de 215.946,24. Essa é a verba do Hospital.

O déficit mensal do Hospital é em torno de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais). A Missão Caiuá tem lutado junto aos órgãos governamentais para melhorar esses recursos, para um melhor atendimento aos indígenas, e que sejam repassados em dia, pois não são suficientes para a manutenção dos trabalhos prestados, e ainda, quando há o atraso nos repasses, geram despesas com multas, juros e ações trabalhistas, dificultando ainda mais o cumprimento das ações do Hospital. Os recursos recebidos são insuficientes para a manutenção do hospital. As Igrejas mantenedoras e as doações voluntárias têm ajudado o Hospital a se manter de pé.

O Hospital Porta da Esperança integra o programa do Governo para o atendimento da COVID-19 na aldeia em um anexo de seu prédio, com 20 leitos clínicos. Recebeu um respirador mecânico, dia 16 de junho, com o apoio de vereadores, doado através do Secretário Estadual de saúde, Dr. Geraldo Rezende, para as emergências. De acordo com o Administrador interino do Hospital, Eder Mariola, o Governo Federal votou uma verba emergencial no valor R$ 800.173,36, repassada via Prefeitura.

A empresa JBS, a quem a Missão agradece, doou EPI´s, alimentação, medicamentos e mobiliários hospitalares para o enfrentamento da COVID-19, mediante acordo entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Prefeitura, que está ajudando a garantir o atendimento. O Hospital tem recebido ajudas das Igrejas Mantenedoras, igrejas locais, e das entidades: Unigran, UEMS, Hospital Evangélico, Mesa Brasil, Cantina Mato Grosso, Marta Campos e outras Entidades. Foram doados materiais como máscaras, EPIs, alimentação, roupas, etc.

Finalmente, a Missão Evangélica Caiuá segue em perfeita ordem nos seus trabalhos iniciados pelos missionários em 1928, de assistência à Saúde indígena, incansável neste desafio de ter que trabalhar com uma mão e se defender com a outra. Reconhece que trabalha em campos árduos, mas jamais fugirá de sua missão e responsabilidade.

Além da área da saúde a Missão tem outras frentes de trabalho nas aldeias, como Escolas, Ação Social permanente e a tarefa de levar a Palavra de Deus a todos os povos, e continua a sua parceria e o respeito tanto à comunidade indígena e suas demandas, como aos Governos Federal, Estadual e Municipal, no intuito de dar um atendimento humano e eficaz à população indígena em nossa vasta terra brasileira, e sempre dentro de seu lema: “a serviço do índio, para a glória de Deus”.

Scroll Up