Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Braz Melo propõe audiência pública para debater sobre a saúde de Dourados

O vereador Braz Melo (PSC), ao reassumir o mandato, fez uso da tribuna e, durante sua fala, relembrou a questão do repasse à Saúde de Dourados, sendo essa uma das suas reivindicações desde seu primeiro mandato. Ele propôs uma audiência pública para debater sobre a saúde do município.
Conforme Braz, é inaceitável Dourados receber R$ 6 por paciente, enquanto Campo Grande recebe R$ 25, porém os dois município atendem a mesma quantidade de pacientes de alta e média complexidade e os mesmos serviços.
“Atendemos mais de 33 municípios, porém recebemos um dos menores repasses, por habitante, da União para o custeio do atendimento de alta e média complexidade”, comentou o vereador.
Para elucidar a questão do repasse da União e Estado, Braz Melo propôs uma audiência pública com o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), o secretário de Estadual de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), a secretária municipal de Saúde, Berenice Machado de Souza, e demais instituições ligadas à saúde, para cobrar uma explicação sobre esta situação.
“Não adianta construir postos, hospitais, se o município não consegue fornecer um atendimento digno aos usuários, onde o repasse não condiz com a realidade que estamos vivenciando”, apontou o vereador.
Braz Melo ainda fez apelo aos demais vereadores e toda classe política para que se unam “e possam fazer de Dourados a cidade dos sonhos de todos os douradenses, pois o município vem sendo esquecido há muito tempo”.

Scroll Up