Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Vereador Ishy questiona políticas públicas para a juventude de Dourados
...


Para ele, são preocupantes os números quanto ao aumento da depressão e suicídio nesse grupo



 



O vereador Elias Ishy (PT) enviou à Prefeitura de Dourados um requerimento questionando sobre as Políticas Públicas de Juventude (PPJ) no município. Segundo ele, essas informações irão contribuir para ações do parlamentar no que se refere à necessidade dos jovens douradenses, dando visibilidade aos problemas enfrentados, uma alusão também ao Dia Internacional da Juventude, celebrado no próximo mês, dia 12 de agosto.



 



De acordo com Ishy, são preocupantes os números quanto ao aumento da depressão e suicídio nesse grupo, a educação de baixa qualidade, as más condições de vida e o desrespeito aos direitos do cidadão no país, relacionados ainda aos cortes do Governo Federal aos investimentos em áreas essenciais, como na educação, na saúde e na assistência social.



 



O vereador quer saber, portanto, quais projetos, planos, programas e ações estão em andamento no âmbito das PPJ e quais os previstos para implantação. Ishy também solicita informações sobre a situação atual do Conselho Municipal, a relação dos seus componentes e quais atividades estão sendo realizadas na Praça da Juventude, no Parque das Nações.



 



Outra questão que merece atenção, segundo ele, é quanto ao desemprego. Para tanto, Ishy indaga se existe algum curso profissionalizante destinado à juventude douradense, quais são e as cópias da programação dos mesmos, caso a resposta seja positiva. O que considera essencial saber ainda é qual o orçamento previsto e destinado para PPJ neste ano.



 



Lembrando que Ishy é autor da Lei que instituiu a Semana da Juventude (n° 3.887/2015) no calendário oficial do município, a ser comemorada anualmente na última semana de outubro e com objetivo de debater questões de interesse e propor soluções conjuntas para garantir acessos efetivos às políticas públicas, principalmente àqueles em vulnerabilidade social.



 



Esse assunto também já foi tema de Audiência Pública realizada pelo vereador, sendo que, na época, as demandas apresentadas foram elencadas e entregues à Secretaria de Assistência Social.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Com tantos candidatos, há a tendência de os eleitores — porque a mídia eletrônica, rádio e TV, priorizam as candidaturas majoritárias, de presidente, governadores e senadores — desprezarem o pleito proporcional, aquele que elege os deputados, federais e estaduais.
Publicidade
Foto Materia
O Brasil passa por grandes problemas políticos, econômicos e sociais, como nunca se viu em toda sua história.
Publicidade