Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Projeto Saberes do Gestar incentiva gestantes a valorizar cuidados com a saúde
Roda de Conversa e informações sobre Práticas Integrativas e Complementares são ferramentas para motivar e orientar as futuras mães


Compreender a gestação como um momento de profundas transformações, que requer atenção, cuidado, respeito e muita informação. Esse é o princípio fundamental do Projeto Saberes do Gestar, desenvolvido por uma equipe multiprofissional vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) de Dourados, em parceria com o Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).



 



Realizado desde dezembro do ano passado por meio de encontros mensais, com palestras, atividades práticas e troca de informações relacionadas sempre a um tema específico, o projeto envolve ainda o acompanhamento da gestante com relação ao pré-natal, orientando e “cobrando” o comparecimento às consultas, a realização de exames e o correto preenchimento da Caderneta da Gestante.



 



“A gestação é um momento de transformações físicas e emocionais na mulher, que envolvem mitos, dúvidas, crenças e expectativas, que podem estar diretamente relacionados ao contexto familiar e social”, explica a enfermeira Sandra Rodrigues, coordenadora do projeto, que é executado com as gestantes ligadas à Equipe de Saúde SS 16 (Flórida II).



 



Sandra lembra ainda a importância de valorizar e reconhecer as práticas e saberes populares, desenvolvendo a capacidade de dialogar e estabelecer trocas eficazes, até para otimizar e tornar cada vez mais acessíveis os recursos técnicos e científicos disponíveis na Rede de Atenção Básica à Saúde.



 



Assim, durante as rodas de conversa, as gestantes podem esclarecer dúvidas com os palestrantes convidados e também contribuem com seus relatos, enriquecendo a troca de experiências sobre as vivências de sua gestação.



 



Ao final de cada encontro, também com a participação de convidados, as gestantes têm a chance de conhecer uma das Prática Integrativa e Complementar (PICs) de cuidado com a saúde reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como Reiki, Yoga, Meditação, Arteterapia, Musicoterapia, Aromaterapia, Dança Circular, entre outras.



 



O encontro de maio teve como o tema a amamentação, e contou com a participação da enfermeira Caroline Amaral, do HU-UFGD. O evento terminou com uma prática de yoga que incluiu exercícios respiratórios e demonstração de algumas posturas de indicadas para gestantes.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Com tantos candidatos, há a tendência de os eleitores — porque a mídia eletrônica, rádio e TV, priorizam as candidaturas majoritárias, de presidente, governadores e senadores — desprezarem o pleito proporcional, aquele que elege os deputados, federais e estaduais.
Publicidade
Foto Materia
O Brasil passa por grandes problemas políticos, econômicos e sociais, como nunca se viu em toda sua história.
Publicidade