Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Projeto Saberes do Gestar incentiva gestantes a valorizar cuidados com a saúde
Roda de Conversa e informações sobre Práticas Integrativas e Complementares são ferramentas para motivar e orientar as futuras mães


Compreender a gestação como um momento de profundas transformações, que requer atenção, cuidado, respeito e muita informação. Esse é o princípio fundamental do Projeto Saberes do Gestar, desenvolvido por uma equipe multiprofissional vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) de Dourados, em parceria com o Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).



 



Realizado desde dezembro do ano passado por meio de encontros mensais, com palestras, atividades práticas e troca de informações relacionadas sempre a um tema específico, o projeto envolve ainda o acompanhamento da gestante com relação ao pré-natal, orientando e “cobrando” o comparecimento às consultas, a realização de exames e o correto preenchimento da Caderneta da Gestante.



 



“A gestação é um momento de transformações físicas e emocionais na mulher, que envolvem mitos, dúvidas, crenças e expectativas, que podem estar diretamente relacionados ao contexto familiar e social”, explica a enfermeira Sandra Rodrigues, coordenadora do projeto, que é executado com as gestantes ligadas à Equipe de Saúde SS 16 (Flórida II).



 



Sandra lembra ainda a importância de valorizar e reconhecer as práticas e saberes populares, desenvolvendo a capacidade de dialogar e estabelecer trocas eficazes, até para otimizar e tornar cada vez mais acessíveis os recursos técnicos e científicos disponíveis na Rede de Atenção Básica à Saúde.



 



Assim, durante as rodas de conversa, as gestantes podem esclarecer dúvidas com os palestrantes convidados e também contribuem com seus relatos, enriquecendo a troca de experiências sobre as vivências de sua gestação.



 



Ao final de cada encontro, também com a participação de convidados, as gestantes têm a chance de conhecer uma das Prática Integrativa e Complementar (PICs) de cuidado com a saúde reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como Reiki, Yoga, Meditação, Arteterapia, Musicoterapia, Aromaterapia, Dança Circular, entre outras.



 



O encontro de maio teve como o tema a amamentação, e contou com a participação da enfermeira Caroline Amaral, do HU-UFGD. O evento terminou com uma prática de yoga que incluiu exercícios respiratórios e demonstração de algumas posturas de indicadas para gestantes.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Poderia começar este artigo listando um bom número de companhias que eram líderes em seus segmentos de atuação, mas por não acompanharem as expectativas e mudanças da sociedade, simplesmente deixaram de existir. Afinal, de música e filmes, por exemplo, as pessoas sempre vão gostar.
Publicidade
Foto Materia
O Brasil passa por grandes problemas políticos, econômicos e sociais, como nunca se viu em toda sua história.
Publicidade