Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Líderes do Movimento Combustível Justo são recebidos pelo presidente da OAB-MS
...


Os Conselheiros Estaduais Horêncio Serrou Camy Filho e Sindoley Luiz Souza Morais estiveram na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), junto com empresários apresentando ao Presidente Mansour Elias Karmouche o Movimento Combustível Justo. A Comissão representa consumidores que estão insatisfeitos com os consecutivos aumentos no litro do combustível em Mato Grosso do Sul.


A campanha começou em novembro. No domingo passado, cerca de 1 mil consumidores foi ao Paraguai para abastecer seus veículos como forma de protesto. “Amanhã teremos uma outra reunião para discutir as próximas ações do movimento, que começou em Dourados e pretende agora alcançar nível nacional”, citou Sindoley.


“Nosso objetivo é despertar essa consciência na população, não apenas sul-mato-grossenses, mas brasileira, de que temos que ir pra rua, visto que não estamos tendo representação. São altas cargas tributárias que fazem com que a gente pague uma conta que não é nossa, mas da corrupção”, enfatizou.


Sobre o convite para apoio da OAB/MS, o Conselheiro Horêncio complementa: “Trouxemos as ações já feitas para conhecimento da OAB, que é uma casa que defende a cidadania. Por isso, é importante trazer a existência do movimento para a OAB. Nosso movimento é legítimo, feito de consumidor para consumidor. Ele vem ganhando corpo estadual, já com várias ações e protestos em prol do próprio consumidor”.


Mansour Karmouche apoiou o movimento em defesa da sociedade sul-mato-grossense e disse que vai auxiliar os conselheiros para que outros estados também adiram ao movimento.


 



Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Fica claro pelos noticiários que a violência no Brasil aumentou muito de um ano para cá. Os fatores desencadeantes que de certa forma colaboram com esse quadro são o desemprego, a corrupção generalizada e endêmica dos governantes...
Publicidade
Foto Materia
Em breve, começa o período para preenchimento das Declarações de Imposto de Renda, que este ano tem como tempo determinado para envio de 2 de março até 28 de abril. Para aqueles que declaram logo no começo do prazo estipulado, há algumas vantagens, dentre elas a de receber a restituição mais cedo.
Publicidade