Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Gilberto Carlino afirma que “a Sanesul acaba sendo uma extensão de nossa casa”
Gilberto Carlino, eletromecânico da Sanesul em Rio Brilhante, é considerado um dos funcionários que se destacam naquela região. Ele começou a trabalhar na empresa no dia 04 de maio de 1992.


Gilberto Carlino, eletromecânico da Sanesul em Rio Brilhante, é considerado um dos funcionários que se destacam naquela região. Ele começou a trabalhar na empresa no dia 04 de maio de 1992. 



Segundo ele, a Sanesul acaba sendo uma extensão de casa. Confira um bate-papo sobre a história dele para o projeto “Memória Sanesul”.





A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

Memória Sanesul: Como é que o senhor entrou na empresa?





Gilberto – Comecei como supervisor da unidade de Rio Brilhante. Depois eu fiz o primeiro concurso que teve e entrei para o cargo que hoje desempenho.





Memória Sanesul: Como o senhor avalia o trabalho da Sanesul em Rio Brilhante?





Gilberto – Hoje a Sanesul está muito bem servida aqui no município. A empresa é bem vista aqui. Tanto da parte visual, com um bonito escritório, instalações bem arrumadas, quanto pelos serviços que ela presta, pelos investimentos que estão sendo feitos. Tudo isso colabora para a Sanesul ser bem presente em nossa cidade. A Sanesul também tem um bom relacionamento com o município.





Memória Sanesul: Como é trabalhar como eletromecânico?





Gilberto – Eu gosto do que faço. Como toda profissão, tem seus desafios. Apesar de ser eletromecânico, no interior a gente acaba fazendo de tudo um pouco. Os trabalhos são intensos, mas sempre temos o apoio da chefia imediata, da regional e da sede. E esse apoio é fundamental para conseguirmos desenvolver um bom trabalho. Tudo é fruto do trabalho em equipe. 





Memória Sanesul: O que a Sanesul representa para o senhor?





Gilberto – Eu considero a Sanesul uma extensão da minha casa. Se você analisar bem, nós trabalhamos com um bem essencial para a vida: a água. Eu me sinto bem por fazer parte de uma empresa pública que presta esse serviço. Quando trabalhamos para que não falte água para as pessoas eu me sinto com a sensação de dever cumprido. É muito gratificante. Eu vejo que a atual gestão tem se preocupado muito com isso e as coisas estão acontecendo.





Memória Sanesul: Pretende trabalhar muito tempo na Sanesul?





Gilberto – Eu tenho 74 anos. Sinto-me com muita disposição para trabalhar. Enquanto a saúde permitir eu quero continuar. Porque é muito bom se sentir útil. O trabalho proporciona isso.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
A emenda, incluída no orçamento de 2017, será liberada no início do ano que vem e a prefeita acredita que através de verbas como essa, muitas melhorias poderão ser implementadas, já que Dourados é referência regional também...
Publicidade
Foto Materia
O empresário Cláudio Sertão, presidente do diretório regional do Podemos, deverá sair candidato ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições de 2018.
Publicidade