Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Délia pleiteia ramal da Ferroeste para Dourados
...


- Em audiência com o governador do Paraná, Beto Richa, prefeita encaminha projeto do ramal ferroviário - 



Audiência da prefeita Délia Razuk (PR) com o govenador do Paraná, Beto Richa (PSDB) nesta quarta-feira, em Curitiba, pode ter sido um passo importante para que Dourados receba, finalmente, um ramal da Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste), ligando com o Porto de Paranaguá, passando ainda pelos municípios paranaenses de Cascavel e Guarapuava.



A discussão em torno da passagem da estrada de ferro por Dourados é antiga e, agora, a prefeita Délia Razuk resolveu encampar a luta. “A ferrovia é muito importante, não só para Dourados como também para o Mato Grosso do Sul. Era viria para impulsionar o desenvolvimento da região, barateando custos na hora do escoamento da produção, sem contar que seria um atrativo a mais para potenciais investidores”, avalia a prefeita.



O próximo passo para discutir a questão será no dia 16 de outubro, quando uma audiência pública será realizada no auditório da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados). Na audiência, com as presenças de representantes da prefeitura de Dourados, dos governos de MS e do PR e da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), entre outros órgãos, será discutida a viabilidade econômica da linha férrea no município e a sua importância para o desenvolvimento de toda a região.



“Vamos unir esforços para viabilizar este projeto e torná-lo realidade”, disse o secretário municipal de Planejamento, José Elias Moreira, que acompanhou a prefeita na agenda em Curitiba. Moreira tem sido um dos principais defensores para que a ferrovia contemple Dourados e região.



A prefeita de Dourados tem o governo de Reinaldo Azambuja como forte aliado para a concretização da ferrovia. “Mato Grosso do Sul tem todo interesse no projeto e vamos fazer o que estiver à altura para o projeto caminhar. Essa parceria entre os dois estados soma forças para que o projeto tenha uma estruturação e possa sair do papel”, comentou o secretário-adjunto da Seinfra, Helianey Paulo da Silva, que representou o titular da Seinfra, Marcelo Miglioli na reunião.



Participaram da audiência entre a prefeita de Dourados e o govenador do Paraná, os deputados paranaenses Luiz Claudio Romanelli e Alexandre Curi, o ex-deputado estadual Roberto Razuk, secretário de Planejamento de Dourados José Elias Moreira, secretário-adjunto de Infraestrutura de MS, Helianey Paulo da Silva, ex-senador pelo Paraná Silvio Name, diretora-geral da secretaria de Infraestrutura e Logística Andréa Abrão e o diretor presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araújo.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Tempos duros, estes. Além do permanente e sistemático ataque aos direitos dos trabalhadores, agora a moda é o ataque ao conhecimento. Depois da arte, dos museus, a ofensiva atual é contra a universidade pública.
Publicidade
Foto Materia
Continuariam com foro especial apenas o presidente e o vice-presidente da República, o chefe do Judiciário, e os presidentes da Câmara e do Senado
Publicidade